terça-feira, 30 de junho de 2009


uma aflição que parece não ter fim
uma vontade que nunca se esgota
uma falta que nunca é suprida

que rasga os nervos por dentro
que derrete o gelo dos picos mais altos
e inunda os vales mais profundos com lágrimas quentes

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

3 comentários:

A Insustentavel Leveza do ser disse...

OI.Tudo bem? Nossa, belo texto..
Espero que ele não retrate o seu estado de espirito ...Porque se for vc deve estar bem triste..

ViDaDeD disse...

Algum sentimento....
ou dói...
ou sobrevive...
ou morre...
.
.
Ou será q quer nascer?
Beijoss cami´s e deixe-o sair...

Pira pra que?? disse...

bel, eu nem sabia q vc tinha um blog!! kkk